Casa Curta-SE

topo do site

10º FICI traz ao público oficinas que divertem e educam




ARTHURSOARES_9999_1_1500x1000ARTHURSOARES_9999_85_1500x1000ARTHURSOARES_9999_111_1500x1000

Nos dias 20 e 21 de outubro, o Festival Internacional de Cinema Infantil (FICI), que está na sua décima edição, promove oficinas para as crianças que participam do festival. Atividade tradicional no FICI, as oficinas reúnem a turma interessada em animação e cinema, proporcionado a experiência de assistir aos filmes e aprender um pouco mais sobre como eles são feitos.

 

As oficinas são bastante aguardadas pelo público infantil e fazem parte da programação do festival há cinco anos. “Elas são realizadas no hall do Cinemark e são gratuitas para as crianças que forem assistir aos filmes”, lembrou a produtora local do evento, Deyse Rocha. “Com as oficinas, a criança não fica por dentro não só do que vê na sala, mas também do que acontece atrás das câmeras”, acrescentou.

 

Ação


Em uma das oficinas, as crianças escolhem os personagens que querem representar e atuam no seu próprio filme. Primeiro, elas fazem interpretações em um fundo infinito enquanto são filmadas. Depois, o fundo é substituído – trata-se do famoso cromaqui, um dos artifícios mais comuns do cinema. Após aproximadamente vinte dias, é disponibilizado o vídeo para os pais via YouTube ou por email.

 

O pequeno Jean Lucca Araujo, por exemplo, se vestiu de astronauta para encarar uma aventura em frente à tela verde – que será trocada por um fundo animado para dar um cenário ao filme. “Já vim outra vez dois anos atrás e gostei muito”, contou. Ele destacou a ação dos oficineiros, que se empenharam para produzir a diversão das crianças que atuavam nos vídeos. “Ela [a oficineira Lili Levy] me explicou tudo, a gente vê como tem que fazer”, detalhou Jean Lucca.

 

Animação

 

Já na oficina de animação, as crianças fazem desenhos em fitas e círculos de papel para depois movimentá-los em aparelhos que dão vida às imagens em sequência. Foi dessa brincadeira que participaram as filhas da consultora jurídica Leila Cunha, Amanda, 5, e Tayana, 10.

 

“É a segunda vez que venho. No ano passado Amanda participou e, desta vez, só queria ir embora depois de vir para a oficina”, disse Leila. Segundo a consultora, a filha passou a compreender mais sobre o que assistia depois de passar pelo evento. “Ela entendeu como se fazia os desenhos que ela via”, comentou. Antes da oficina, as três foram à sessão de ‘Tinkerbell – o segredo das fadas’, que foi exibido durante a abertura oficial do FICI na manhã do sábado, 20.

 

Apoio

 

Incentivado pela Lei Rouanet, o festival tem patrocínio do BNDES, Petrobras, Cinemark, com produção da Copacabana Filmes e realização do Ministério da Cultura. A co-produção é da Casa Curta-SE, com apoio local da TV Sergipe, Ativa Comunicação Digital e Shopping Jardins.

Anote

fone2_menor

A Casa Curta-SE está com novo telefone. 

Anote: (79) 3085-7416.

 

ico_twitterico_youtubeico_faceboock

Centro de Estudos Casa Curta-SE

Rua O dois, n. 61, conj. A Franco, Bairro Farolândia, Aracaju-SE

CEP: 49030-296

Endereço postal:

Praça Dep. Pedro Barreto de Andrade, nº 75, Conj. A. Franco, Bairro Farolândia, Aracaju-SE

 Caixa Postal 3825