Casa Curta-SE

topo do site

Fici começa em Aracaju



Victor_Balde-_FICI-_19OUT-Baixa-5Victor_Balde-_FICI-_19OUT-Baixa-7Victor_Balde-_FICI-_19OUT-Baixa-14
A 10º edição do Festival Internacional de Cinema Infantil (Fici) teve início nesta sexta-feira, 19, e segue até o domingo, 28, com sessões no Cinemark Jardins. Além das exibições, o primeiro dia de atividades contou com duas sessões de ‘O Pequeno Jornalista’, que foi comandada pela jornalista Priscila Andrade.

Na sessão das 10h30, os alunos do Colégio Lavoisier assistiram ao filme holandês ‘Alfie, o pequeno lobisomem’. O enredo traz a história de Alfie, que no seu aniversário de sete anos, se transforma em lobinho. Depois, as crianças bateram um papo com a profissional que participa pela terceira vez do evento.

“Gosto muito de participar do Fici, pois adoro trabalhar com crianças. Elas são movidas pela curiosidade, o que faz uma relação com a minha profissão. O debate que fiz com eles ao final do filme serviu justamente para falar sobre a história e levá-los a enxergar as mensagens que estão no filme. A resposta das crianças é sempre positiva e isso me estimula”, explica Priscila que está há dez anos na profissão.

Felipe Rabelo e Thiago de Jesus, 11 e 10 anos respectivamente, são alunos do 5º ano, acompanharam a sessão e gostaram muito do que viram. “Nunca tinha participado do Fici e gostei muito, vim como todo mundo da sala e foi bom”, afirma Felipe que gosta muito de cinema. O papo com a jornalista Priscila Andrade agradou ao menino Thiago, que acompanhou atentamente as perguntas da profissional. “É uma coisa nova, nunca tinha tido contato com uma jornalista. Achei legal”, ressalta.

Após a sessão da manhã, outro filme foi exibido fazendo parte de “O Pequeno Jornalista”. O filme ‘Zarafa’, que fala de um velho africano que conta a história da amizade inquebrantável entre o menino Maki e Zarafa, uma girafinha órfã, encantou aos pequenos que participaram.

Para a coordenadora pedagógica, Fernanda Carvalho, que acompanhou algumas turmas do Colégio Lavoisier, o Festival é interessante e estimula a criatividade dos alunos. “Ainda não tinha vindo ao Fici e fiquei surpresa com o evento. Esperava algo bom, mas superou as minhas expectativas. A gente aproveita essas oportunidades para trabalhar temas diferenciados com os alunos e vir ao cinema é uma boa opção. Gostei da proposta e os alunos ficaram entusiasmados”, diz.

A funcionária pública Edjane Marinho aproveitou a manhã de folga e levou a pequena Sarah pela primeira vez ao cinema. “Ela adora filmes, mas não havia a trazido ainda. Gostei da ideia do Festival e trouxe Sarah”, explica a mãe da menina de dois anos.

Novos Jovens e Prêmio Brasil

Outras duas mostras foram exibidas nesta sexta-feira, 19, a Novos Jovens e Prêmio Brasil na primeira, os filmes Brudus e Léo e Bia, 14h e 16h, respectivamente, tiveram a presença das pedagogas Lília Levy e Gooty Fraga, que conversaram com os participantes sobre os temas tratados nos filmes. Na Prêmio Brasil, os filmes foram: Histórias Animadas e Histórias Curtas, exibidos às 11h e 13h, respectivamente. Para finalizar, o filme Um Gato em Paris fez parte da Mostra Teen, sendo exibido às 15h no Cinemark.

Apoio

Incentivado pela Lei Rouanet, o festival tem patrocínio do BNDES, Petrobras, Cinemark, com produção da Copacabana Filmes e realização do Ministério da Cultura. A co-produção é da Casa Curta-SE, com apoio local da TV Sergipe, Ativa Comunicação Digital e Shopping Jardins.
Anote

fone2_menor

A Casa Curta-SE está com novo telefone. 

Anote: (79) 3085-7416.

 

ico_twitterico_youtubeico_faceboock

Centro de Estudos Casa Curta-SE

Rua O dois, n. 61, conj. A Franco, Bairro Farolândia, Aracaju-SE

CEP: 49030-296

Endereço postal:

Praça Dep. Pedro Barreto de Andrade, nº 75, Conj. A. Franco, Bairro Farolândia, Aracaju-SE

 Caixa Postal 3825