Casa Curta-SE

topo do site

Festival de Cinema Infantil reúne 12.721 pessoas em Aracaju

 

Foto: Vinicíus FontesFesta de abertura aconteceu pela primeira vez em Aracaju / Foto: Vinicíus FontesFoto: Victor BaldeO projeto 'A Tela na Sala de Aula' reuniu cerca de 7 mil alunos / Foto: Victor BaldeDeyse Rocha / Foto: Victor BaldeDebora Cristina / Foto: Victor BaldeOficinas de animação aconteceram nos dias 1º e 2 de outubro / Foto: Victor BaldeExposição do Projeto Tamar aconteceu depois da sessão de 'O Pequeno Cientista' / Foto: Victor BaldeAs crianças receberam brindes dos patrocinadores após a exibição / Foto: Victor Balde


Durante dez dias, o Festival Internacional de Cinema Infantil (Fici) exibiu em Aracaju cerca de 30 filmes no Cinemark Jardins. As 98 sessões, que incluíram filmes em 3D, reuniram um público de 12.721 pessoas. A 9º edição do Fici aconteceu de 30 de setembro a 09 de outubro.


Este foi a oitava vez que Aracaju recebeu o festival. A novidade desta edição foi a festa de abertura que pela primeira vez chegou a Aracaju. Além de exibições nas nove salas do Cinemark, a festa ainda contou com DJ, palhaços, pernas de pau e distribuição de kits dos patrocinadores. “Sem dúvida, o público que compareceu foi um dos maiores. Acredito que só o Rio de Janeiro teve um número de pessoas parecido”, disse Jordana de Almeida, representante da Copacabana Filmes – produtora do evento.


Um dos objetivos festival é democratizar o acesso ao cinema. Para isso, o festival promove o projeto ‘A Tela na Sala de Aula’. Durante quatro dias, quase 7 mil estudantes da rede pública foram ao cinema gratuitamente.  “Esse é um dos momentos mais bonitos do festival. Sabemos que boa parte desses estudantes nunca esteve em uma sala de cinema”, reiterou Deyse Rocha, produtora local.


Foi o caso de Débora Cristina, aluna do 5º ano da Escola Municipal João Nascimento Filho, em Estância. Aos 11 anos, ela não conhecia Aracaju, muito menos o cinema. “Eu nunca tinha vindo a um shopping, nem ao cinema. Achei tudo bonito. Quero vir outras vezes”, disse.


O festival ainda trouxe oficinas de animação, debates com ‘O Pequeno Cientista’ e ‘O Pequeno Jornalista’, e quatro sessões especiais da ‘Dublagem ao Vivo’ com Alexandre Marconato e Gabriela Bicalho.


Apoio
Incentivado pela Lei Rouanet, o festival tem patrocínio do BNDES, Petrobras, OI, McDonalds, Schin, Protex e Governo do Rio de Janeiro. A produção local é da Casa Curta-SE e conta com o apoio da Fundação Aperipê, Superlux, Portal Infonet, TV Sergipe, Shopping Jardins, Ativa Impressão Digital, loja Pinóquio e Fredd’s Lanches, com produção da Copacabana Filmes e realização do Governo Federal.

Anote

fone2_menor

A Casa Curta-SE está com novo telefone. 

Anote: (79) 3085-7416.

 

ico_twitterico_youtubeico_faceboock

Centro de Estudos Casa Curta-SE

Rua O dois, n. 61, conj. A Franco, Bairro Farolândia, Aracaju-SE

CEP: 49030-296

Endereço postal:

Praça Dep. Pedro Barreto de Andrade, nº 75, Conj. A. Franco, Bairro Farolândia, Aracaju-SE

 Caixa Postal 3825